Transa-Transporte-apoia-campanha-de-conscientização-sobre-o-autismo

Transa Transporte apoia campanha de conscientização sobre o autismo

Na última segunda-feira, dia 11, a Transa Transporte abriu suas portas para a comunidade. A empresa recebeu alguns pais e mães de crianças autistas, além de representantes de associações e instituições da região e a imprensa local para apresentar aos convidados a sua nova campanha de conscientização. Batizada de “Com amor e respeito as peças se encaixam”, a iniciativa visa conscientizar os usuários do transporte coletivo sobre o autismo e como lidar da melhor forma possível com pessoas que possuem o distúrbio, sobretudo as crianças.

Inclusão era a peça que faltava

A ideia surgiu a partir do relato de duas mães que estiveram na empresa solicitando uma ajuda para conscientizar as pessoas que usam o transporte público. Segundo os relatos, às vezes, os filhos (com autismo) começam a gritar dentro do ônibus e pessoas, despreparadas, interpretam essa reação da criança como falta de educação.

Sandra Cabral Machado Viana, conhece bem os desafios de utilizar o transporte coletivo quando se tem um filho autista. Seus dois filhos, Isaque e Giovani, possuem graus diferentes de distúrbio. Ela conta que a maior dificuldade enfrentada ao utilizar os ônibus é a falta de compreensão dos passageiros, pois poucos cedem o assento para que a criança possa se acomodar e isso pode gerar agitação nos pequenos, o que é interpretado como birra pelos demais passageiros.

“O autismo não apresenta nenhuma característica física e as pessoas não cedem o lugar. Na maioria das vezes, as crianças vão em pé, porém algumas delas têm crises por conta da movimentação do ônibus e das pessoas, a questão do toque, então algumas começam a gritar e ficar agitadas e as pessoas reclamam por não entenderem”, pontua Sandra.

Sensível à situação, Virginia Cassini, diretora/ psicóloga da Transa Transporte, decidiu apoiar essa iniciativa. Ela considera importante se unir nesta causa justamente porque a empresa já tem um perfil humanizado por já possuir um longo histórico no apoio e desenvolvimento de projetos sociais e também por acreditar que esta é uma forma de trazer mais dignidade as crianças autistas e aos seus pais.

“Nós percebemos as dificuldades que as pessoas com alguma deficiência passam dentro dos ônibus, em especial, na questão do respeito a elas e seus familiares. A gente acredita que podemos verdadeiramente ajudar a associação das mães de autistas pra que eles sejam respeitados e as pessoas tenham um olhar mais humano sobre o indivíduo autista”, explica.

Ações

A campanha será promovida entre 29 de março e 30 de abril. Para dar visibilidade a causa, todos os canais de mídia da Transa Transporte vão exibir conteúdos informativos sobre o autismo e como lidar com pessoas dentro do espectro do autismo dentro dos veículos.

Além disso, a empresa está buscando parceiros para que a campanha seja estendida do meio digital para outros espaços. Algumas das ideias propostas a quem se interessar a se unir nesta causa é adesivar os para-brisas dos carros da frota com o laço símbolo da campanha, colocar banners da campanha no vidro traseiro do ônibus e disseminar essas informações também nos abrigos de ônibus.

Virgínia destaca que o alcance da empresa faz toda a diferença para levar informação a população.

“A gente entende que como transportamos milhares de pessoas, a nossa empresa seria um veículo importante para levar essa conscientização sobre o autismo para toda população”.

 

 

 

0 respostas

Deixe uma resposta

Want to join the discussion?
Feel free to contribute!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.