Colaboradores da Transa Transporte se reúnem com o prefeito

Na tarde da última terça-feira, dia 24, um grupo de colaboradores da Transa Transporte se reuniu com o prefeito de Três Rios, Josimar Salles. A conversa foi pautada sobre o reajuste da tarifa das linhas de ônibus urbano da cidade. Os colaboradores defendem o reajuste para que a Transa Transporte possa honrar com seus compromissos, melhorando as condições de trabalhos dos profissionais.

“Nós sabemos que a empresa tem enfrentado dificuldades para regularizar a situação dos funcionários e também sabemos que esse é o motivo do aumento da passagem, que há oito anos está congelado. A empresa agiu de forma heróica nesse período e conseguiu honrar seus compromissos até onde pôde. Agora, infelizmente, a coisa apertou e nós estamos aí para lutar por ela [a empresa] porque faz parte da nossa vida, da nossa família”, explica o motorista Ricardo Gonçalves de Souza.

Cerca de 30 colaboradores comparecerem a reunião na prefeitura. A conversa foi uma iniciativa dos próprios colaboradores que manifestaram o desejo de apresentar a situação que a empresa tem passado nos últimos anos, fruto da política do antigo governo que congelou as tarifas em R$ 1,75 por oito anos. Com isso, a Transa Transporte teve que fazer cortes em investimentos para se readequar a realidade financeira, no entanto a situação se agravou no final de 2016, onde pela primeira vez a empresa não conseguiu efetuar o pagamento do 13º aos seus colaboradores.

O motorista Alexandre Pinheiro Garcia trabalha na empresa há 5 anos, ele conta que a falta do reajustes tem impacto direto no trabalho de todos os colaboradores da empresa. “Isso não prejudica só a mim, mas também a minha família, os meus filhos, prejudica todo mundo. Então a gente está aqui para ter um diálogo com o prefeito para ver o que ele pode fazer para nos ajudar”.

O gerente de operações da Transa Transporte, Edésio José Lima, esclarece que esse reajuste é fundamental para que a empresa possa normalizar suas operações e também cumprir seus compromissos com seus colaboradores. “Eu tenho 36 anos de empresa e nunca tivemos esse problema, mesmo com 8 anos de congelamento. Até meados 2016 a empresa conseguiu se manter, mas a partir de agosto/setembro de 2016 já não conseguimos mais manter nosso compromisso com os nossos funcionários”.

A Reunião

O prefeito Josimar Salles recebeu os colaboradores na sala de reuniões da prefeitura e iniciou o diálogo dizendo que está sensibilizado com a situação dos profissionais e entende a importância desse reajuste para a manutenção dos empregos dos profissionais, mas que também precisa avaliar o impacto que isso causará na cidade nesse período complicado de crise, onde há ondas de desemprego.

Josimar afirmou aos presentes que vai levar em consideração o pedido dos colaboradores e vai estudar a melhor decisão a ser tomada para essa situação, juntamente com a Secretaria de Transportes e a Câmara Municipal.

 

 

 

0 respostas

Deixe uma resposta

Want to join the discussion?
Feel free to contribute!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.