Transa Transporte realiza palestra sobre tabagismo na XXIII SIPAT

Na tarde de ontem, dia 28, a Transa Transporte realizou a XXIII edição da Semana Interna de Prevenção de Acidentes de Trabalho (SIPAT). Na ocasião foi realizada uma palestra sobre o tabagismo, ministrada pela psicóloga responsável pelo Grupo de Controle do Tabagismo, Cláudia Estanislau.

XXIII SIPAT

A palestra foi realizada na sede da Transa Transporte e contou com a presença dos colaboradores da empresa e seus familiares. Além da gerente de planejamento, Heloísa Cassini, e do técnico de segurança do trabalho, Gilmar Bevilácqua.

Gilmar, que esteve à frente da organização da XXIII SIPAT, explica que a intenção de falar sobre o tabagismo foi trazer um despertar sobre esse tema atual e de grande importância, justamente porque na empresa há pessoas que possuem o hábito de fumar.  “Nós conhecemos o mal que o tabagismo causa ao fumante ao longo do tempo. Como em Três Rios tem esse trabalho com grupos de apoio, resolvemos divulgar juntamente com a psicóloga esse trabalho aqui na empresa. Temos alguns colaboradores que são fumantes, inclusive temos um em tratamento para parar de fumar”, explica Gilmar Bevilácqua, técnico de segurança do trabalho da Transa Transporte.

A psicóloga Cláudia Estanislau, alerta sobre os malefícios do cigarro. “O cigarro é a maior causa de morte evitável no mundo. Ele é fator de risco para mais de 50 tipos de doenças, como as cardiovasculares, câncer, as doenças pulmonares destrutivas crônicas (DPOC), pressão alta, entre outros danos à saúde. O cigarro potencializa tanto a depressão quanto a ansiedade”, destaca.

Cláudia esclarece que é fundamental buscar ajuda para conseguir se livrar desse vício e o tratamento através dos grupos de apoio são de grande ajuda. “O grupo possibilita trabalhar a questão da dependência psicológica, porque as pessoas trocam suas experiências, o que está sendo fácil ou difícil nesse processo. Então, isso fortalece uns aos outros”, pontua.

Adeus ao cigarro

Quem precisar de ajuda para se livrar do tabagismo, Cláudia orienta que os interessados busquem apoio no posto central, localizado na Rua da Maçonaria, no Centro. Basta comparecer a sua sala, que fica perto do setor de transporte, as segundas-feiras. A psicóloga também atende as quartas-feiras, na Clínica da Família, no bairro Vila Isabel.

Na próxima segunda-feira, dia 4, a partir das 8h, vão ser realizadas as inscrições para um novo grupo de apoio, no auditório do posto central. Ao todo são 30 vagas disponíveis para dois horários de sessões: as 9h e as 13h. A inscrição e a participação são gratuitas. A duração do tratamento é de 3 meses.

Bons frutos

O auxiliar de viagem, Vanderlei Alves Teixeira Júnior, é fumante e esteve presente na palestra. Ele revela que já tinha planos de reduzir o hábito de fumar após um pedido especial da filha, mas que depois de ouvir mais sobre os malefícios do cigarro na palestra, ele pretende largar de vez o cigarro.  “A minha filha não gosta que eu fumo. Ela me disse assim: ‘ pai, você faz uma promessa para mim? ’ Eu disse que ‘sim’ e ela me pediu para que eu parasse de fumar. Eu respondi a ela que assim que voltasse das férias eu diminuiria. Agora com a palestra, depois de ver o que causa esse vício, eu decidi parar de fumar”.

Programação da XXIII SIPAT

Além da palestra, foi realizado o sorteio de duas cestas básicas entre os participantes. Um dos ganhadores foi o Vanderlei. Ele ficou muito contente com o sorteio e aprova a realização da SIPAT.  “A empresa está sempre incentivando os colaboradores a participar dessas palestras e treinamentos. Eu fico muito feliz da Transa Transporte nos dar essas oportunidades de estarmos em contato com a equipe de trabalho e também de adquirir conhecimento”, avalia.

 

 

 

0 respostas

Deixe uma resposta

Quer participar da conversa?
Sinta-se a vontade para comentar!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *