Janeiro-Branco-Mês-de-atenção-e-cuidado-com-a-saúde-mental-transa-transporte-1

Janeiro Branco: Mês de atenção e cuidado com a saúde mental

Tão importante quanto o nosso bem-estar físico é o nosso estado psicológico e emocional. O nosso organismo só funciona corretamente quando nosso corpo e mente estão em equilíbrio. Por isso, a nossa saúde mental precisa receber a devida atenção. Foi com esse objetivo que surgiu a campanha “Janeiro Branco”, uma iniciativa que promove a causa da saúde mental e emocional.

Os fundamentos do Janeiro Branco

A campanha “Janeiro Branco” foi criada em 2014 pelo psicólogo mineiro Leonardo Abrahão com a missão de sensibilizar a sociedade sobre a importância dos cuidados com a nossa saúde mental. Durante o mês, são realizados debates e ações que visam trazer informações relevantes sobre o tema da saúde mental e emocional. O que se busca através dessa abordagem é disseminar conhecimento e introduzir uma cultura de maior atenção à saúde mental.

A temática é de suma importância, pois segundo um levantamento divulgado pela Organização Pan-Americana da Saúde (OPAS), em 2018, a depressão figurou em primeiro lugar entre os transtornos mentais mais frequentes em todo mundo, atingindo 300 milhões de pessoas. No Brasil, o Ministério da Saúde estima que 15,5% da população viva com esse transtorno.

O que você pode fazer pela sua saúde mental?

Ter saúde mental, de acordo com a Organização Mundial da Saúde (OMS), significa muito mais do que não ter nenhum tipo de transtorno mental. A organização engloba neste conceito o bem-estar físico, mental e social. Isso significa que a saúde mental é um estado no qual o indivíduo tem pleno desenvolvimento social, desfruta de boa saúde física e ainda possui boa autoestima, de modo que ele seja capaz de lidar bem com suas emoções.

É sempre possível fazer mais pela sua saúde mental e abaixo listamos algumas dicas, com base nas recomendações do Ministério da Saúde:

– Faça o tratamento terapêutico adequado;

– Mantenha o físico e o intelectual ativos;

– Pratique atividades físicas;

– Tenha alimentação saudável;

– Mantenha uma relação próxima com seus familiares e amigos.

Buscar ajuda não é vergonha

Se você tem ou conhece alguém que possui dificuldades em lidar com suas emoções ou que se sente esgotado constantemente ou mesmo já tenha pensando em suicídio, não deixe de procurar ajuda médica profissional. Buscar ajuda não é sinal de fraqueza. Assim como nosso corpo, nosso cérebro também precisa de cuidado. Saúde mental também é importante!

0 respostas

Deixe uma resposta

Want to join the discussion?
Feel free to contribute!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.