Conheça-os-bastidores-da-limpeza-dos-ônibus-nos-terminais-Transa_trasnporte1

Conheça os bastidores da limpeza dos ônibus nos terminais

Desde a chegada da nova equipe de limpeza aos terminais do centro, os ônibus da Transa Transporte estão circulando ainda mais limpinhos . Essa é mais uma ação da empresa para impedir o avanço do coronavírus. Muita gente elogiou a iniciativa, mas também ficou curiosa em como é feito o processo de limpeza. Por isso, montamos essa matéria para explicar melhor.

Como é feita a limpeza dos coletivos

Bom, o processo de limpeza é realizado nos dois terminais do centro de Três Rios: o Terminal Rodoviário Hélio Soares e o Terminal Roberto Silveira (rodoviária velha). Toda vez que um ônibus faz uma parada em um dos terminais, a equipe de limpeza entra em ação.

A limpeza começa pela parte externa, nos corrimões e balaústres próximos às portas de embarque e desembarque. Em seguida, é a vez da parte interna, onde são higienizados os balaústres, encostos de assentos, botões de campainha, enfim, de todo componente interno que é tocado frequentemente.

Quais produtos são usados?

É importante destacar que a Transa Transporte sempre utilizou produtos capazes de eliminar germes, vírus e bactérias. Isso sempre foi uma preocupação da empresa. Com o surgimento do coronavírus, essa higienização foi ampliada para que ocorresse em tempo real.  Desta forma, os produtos desinfetantes foram disponibilizados para a sua equipe do terminal. Basta apenas aplicar um pouco com o borrifador e espalhar o produto com um pano.

Como a equipe foi preparada?

Antes que os novos colaboradores começassem os trabalhos, eles passaram por um treinamento especial, realizado na sede da empresa. Os colaboradores receberam orientações de como realizar a desinfecção dos ônibus. As diretrizes principais são de que o trabalho deve ser feito de forma ágil, mas com qualidade, priorizando os espaços onde as pessoas tocam com maior frequência.

E aí, conseguimos “matar” a sua curiosidade? Deixe sua opinião nos comentários.

0 respostas

Deixe uma resposta

Want to join the discussion?
Feel free to contribute!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.