"ABC do transporte coletivo" PT 1

“ABC do transporte coletivo” PT 1

Você se considera um sabe-tudo quando o assunto é ônibus e transporte coletivo? Se a sua resposta for “sim”, que tal colocar seus conhecimentos á prova? Agora, se a sua resposta foi negativa, convidamos você a conhecer um pouco mais sobre o vocabulário do transporte coletivo. Separamos aqui um “be-a-bá” para que você fique sabendo das palavras que fazem parte do dia a dia de quem trabalha na área.

Vocabulário do rodoviário

A:

Abrigo de ônibus – Equipamento de proteção e conforto instalado no ponto de embarque e desembarque de passageiros fora do terminal.

Adesivado – São os veículos que utilizam adesivos ao invés da pintura.

Alçapão – Trata-se de espaços localizados no teto dos ônibus para entrada e saída de ar.

B:

Balaústre –  São as colunas de ferro localizadas no interior dos veículos. Elas servem de apoio aos passageiros e ajudam na sustentação da carroceria do ônibus.

Busdoor – Trata-se do espaço para inserção total ou parcial de publicidade no visor traseiro dos ônibus.

Busólogo – Designação dada a pessoa que possui como hobbie estudar os ônibus e assuntos relacionados.

C:

Calha externa: Trata-se de uma estrutura que fica acima das janelas e portas do veículo, cuja a finalidade é facilitar o escoamento da água da chuva.

Campainha – Botão ou cordinha que emite som no painel do motorista para que ele saiba que uma parada foi solicitada.

Capelinha – Letreiro de menor dimensão localizado no visor dianteiro do ônibus.

D:

Direto/ Direta – Modalidade de ônibus que não fazem paradas durante o trajeto, realizando o embarque e desembarque somente nos terminais. Nesse tipo de condução, os passageiros não podem viajar em pé.

Diesel – Combustível dos ônibus.

DOTS – Um sistema que permitia a escrita dos itinerários por meio de matrizes e pontos com formato de círculos, elipses ou retângulos, normalmente de coloração amarela ou verde-limão de um lado e preto do outro.

E:

Efetivo – São os veículos que são fixos de uma linha.

Eventual – Modalidade em que são criadas linhas especiais para atender eventos regulares ou não.

Exaustor – É um pequeno aparelho semelhante a um ventilador, porém suas hélices ficam dispostas do lado oposto ao normal. Ele tem a função de renovar o ar do veículo.

be-a-bá do transporte

F:

Folha – É chamada de folha cada parte móvel da porta do veículo.

Fretado – Veículo alugado para fazer uma linha regular. Na maioria das vezes, o veículo é fretado para outras empresas para realizar o transporte de funcionários.

Frota – Coletivo de veículos.

G:

GNV – Gás natural utilizado como combustível de veículos.

H:

HD (High-Deck) – São os modelos de ônibus que possuem o para-brisas inteiro na posição vertical.

I:

Indoor – Espaço interno para exibição de publicidade.

Intermunicipal – Linhas que ligam uma cidade a outra no mesmo estado.

Itinerário – Percurso realizado pelo veículo.

E aí, enriqueceu o seu vocabulário? Então não perca a parte dois dessa matéria, onde traremos mais alguns termos que fazem parte de quem trabalha com transporte coletivo.

1 responder

Deixe uma resposta

Want to join the discussion?
Feel free to contribute!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.